A
  • Analista de Desenvolvimento de Sistemas

Alexandre de Lima Figueiredo

Manaus (AM)
8seguidores39seguindo
Entrar em contato

Comentários

(30)

Recomendações

(1,108)
Perciliano do Nascimento
Perciliano do Nascimento
Comentário · há 8 meses
Não sou da área do Direito, nem de algo relacionado a sociologia, psiquiatria, etc. , apenas um simples e tão somente um ex-policial, que conviveu e combateu o crime, contravenções penais, etc. Jamais deixei de dar atenção e apoio, a um advogado de um prisioneiro meu, pois como um comandante de fração de tropa, não poderia agir fora da Lei, para exemplo de meus comandados. Smj, um advogado torna-se mais bandido que o seu cliente, quando ele-advogado se "associa" ao criminoso e, consequentemente ao crime. Os Direitos Humanos quando atua com "imparcialidade" e sem "demagogia barata", sou totalmente a favor, porém, não é o que acontece, e se estou mentindo, então alguém me cite ao menos o caso de familiares de um só PM assassinado friamente por bandidos, que tenha recebido ao menos "solidariedade" dos "Direitos dos Manos". Não é "imparcialidade"? Já "lidei" com "filhinhos de papai", e com favelados; a diferença? só o poder aquisitivo, pois essa "balela" de social é balela mesmo. Tenho uma comadre, que omitirei o nome por questões de ética (é uma das assessoras de um ministro atual), e um outro, cujo apelido é João Cabeludo, que reside numa antiga favela de Jundiaí. A comadre é "societe" e é uma exemplar de pessoa; meu compadre João também, apesar de ser muito pobre e residir em favela. Desculpem-me os "letrados", pois na prática minha, na lida com várias tipologias de pessoas, é o CARÁTER de cada um de nós. Há condições de recuperação de bandidos? SIM, mas muito pouco, e com uma estrutura COMPLETA para acompanhamento, do prisioneiro, até os últimos dias do cumprimento de sua pena. Concordo, pois os conheço bem de perto, que nossos presídios são DEPÓSITOS e não presidios, e teria que haver rigorosa SEPARAÇÃO dos Marcolas, com os réus primários e com penas menores, etc. PS: |Outro problema: quem daqui se arrisca dar emprego em seu escritório de advocacia, por ex., para um (a) ex-prisioneiro (a)?

Perfis que segue

(39)
Carregando

Seguidores

(8)
Carregando

Tópicos de interesse

(27)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Alexandre

Carregando

Alexandre de Lima Figueiredo

Entrar em contato